Diferenças entre carga fracionada e lotação

Qual a diferença entre carga fracionada e carga lotação?

Dentro da área de logística é possível encontrar termos técnicos no qual somente quem atua neste segmento, tem a facilidade de compreender. Exemplo disso são os termos “carga fracionada” e “carga lotação”. Mas afinal, o que representa cada um e qual a diferença entre eles? Veja a seguir os detalhes sobre este assunto.

Carga Fracionada x Carga Lotação

A carga fracionada representa basicamente uma parcela total de toda a carga que ocupa um caminhão que transporta mercadorias. Um simples exemplo seria: uma transportadora realiza entregas de eletrodomésticos, logo, uma geladeira que será entregue para um cliente específico é considerada uma carga fracionada, ou seja, parte da totalidade de carga que é carregada no caminhão.

Ao contrário da carga fracionada, a carga lotação (carga fechada), representa uma carga que ocupa totalmente um caminhão ou precisa ser transportada sozinha. Nesta modalidade, a transportadora realiza a entrega da carga indo diretamente ao destino, sem a necessidade de efetuar demais entregas ao longo do percurso. Para melhor compreensão temos o seguinte exemplo: Uma transportadora realiza o transporte de eletrodomésticos de uma fábrica com o destino ao armazém de uma loja que comercializa o produto. Desta forma, o caminhão ocupará exclusivamente a carga da loja e irá diretamente da fábrica ao armazém.

Demandas Gerenciais

Após conhecer as diferenças entre carga fracionada e carga lotação, o embarcador que deseja contratar uma das opções de transporte, deve estar atento às diferentes demandas gerencias para avaliar o tipo de transporte mais adequado a sua necessidade. Neste caso, para cada uma das opções temos:

Carga fracionada

  • Cobertura Geográfica: Deve ser avaliada a cobertura geográfica atendida pela transportadora, já que em certos casos há a necessidade de utilizar mais de uma empresa para efetuar a entrega ao destino desejado.
  • Informação e Controle de Entregas: A transportadora deve disponibilizar canais para acompanhamento da carga, já que esta percorre outros locais antes de chegar ao seu destino.
  • Confiabilidade: Por possuir diversas operações intermediárias, o transporte de cargas fracionadas pode acarretar no aumento de tempo, o não cumprimento de prazos de entrega e possíveis problemas de extravios com cargas. Deste modo, o embarcador deve avaliar a confiabilidade da transportadora, que por sua vez, deverá manter organizadas suas filiais para processar e despachar as cargas com agilidade para os diversos destinos.

Carga Lotação

  • Disponibilidade: A transportadora deve ter a disponibilidade de veículos de diversos portes, para atender as suas demandas.
  • Baixo Custo: As cargas fechadas proporcionam aos embarcadores a vantagem de custos reduzidos, uma vez que são eliminadas operações intermediárias e reduzida a cobrança de tarifas que são comuns em cargas fracionadas. Além disso, o transporte de cargas fechadas promove uma melhor organização da carga no caminhão, tendo um melhor aproveitamento de espaço e diminuindo o custo do transporte por carga. Deste modo, o embarcador deve avaliar o custo-benefício desta opção aliada a sua necessidade neste tipo de transporte.

Conforme as comparações realizadas, foi possível compreender o conceito de carga fracionada e carga lotação, sendo termos muitos utilizados para descrever o tipo de carga a ser transportada. Vale destacar que foram utilizados somente exemplos dentro do transporte terrestre, porém o conceito de carga fracionada e carga lotação também são válidos para os demais modais como aéreo, ferroviário, fluvial ou aquaviário.

Por fim, é possível destacar que cada embarcador deve avaliar a necessidade e custo-benefício de cada uma das modalidades de transporte, tornando sempre viável a sua escolha de acordo com o custo, tempo e condições de entrega.

Falar com consultor
Olá, como podemos ajudar?
Powered by

Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite