5 dicas de Logística Reversa segura para E-commerce

Para deixar muitos empresários afiados, separamos 5 dicas de logística reversa segura para .

Aparentemente a logística reversa parece simples, pois é um processo de troca ou devolução feita pelo cliente após a compra .

Porém, como o número de online crescem cada vez mais, esse processo de logística reversa também ocorre com mais frequência e quanto mais estiver preparado para ela, melhor.

No entanto um processo vai exigir um pouco mais da empresa do que parece, portanto, atente-se.

Situações mais comuns da logística reversa

O fator mais importante e talvez um dos mais representativos para a logística reversa é o famoso “o cliente sempre tem razão”!

Mas brincadeiras à parte, o cliente tem direito a devolver qualquer produto pelo código de defesa do consumidor em até 7 dias e as situações mais comuns são:

  • Arrependimento
  • Não ser o que esperava
  • Quebrado
  • Defeito de fábrica
  • Faltou algum componente
  • Problema com as medidas do produto

No entanto, esses são apenas alguns dos motivos para mostrar quão importantes são as 5 dicas de logística reversa segura para e-commerce.

Chegou a hora das dicas!

Se conseguir seguir as dicas corretamente, o funcionamento da sua ganhará uma eficiência incrível! Aí vão elas:

  • Tenha em seu site regras sobre políticas de devolução e troca
  • Um setor bem treinado, chamado SAC
  • Planejamento no setor de coleta
  • Processo documentado para produtos devolvidos
  • Analise geral das situações mais comuns com gestão de indicadores

Essas são as dicas que vão te ajudar, mas calma, vamos falar sobre cada uma delas!

Siga os passos necessários para o sucesso!

Tenha em seu site regras sobre políticas de devolução e troca: Separe uma parte de seu site para explicar todo o processo de devolução da forma correta, desde embalagens até notas fiscais para evitar prejuízos maiores.

Um setor bem treinado, chamado SAC: O serviço de atendimento ao cliente terá que interagir da melhor forma possível, auxiliando e esclarecendo sobre as etapas, de maneira que o cliente fique satisfeito a ponto de voltar a fazer negócio.

Planejamento no setor de coleta: Deixe o cliente ciente da data, informe que é necessário ter alguém no local preparado para devolver o produto. Também tenha códigos e protocolos de forma que tudo seja feito com .

Processo documentado para produtos devolvidos: O processo pode vir a ser complicado, então documente tudo, por , e-mail ou WhatsApp, tenha o nome do responsável, códigos e nota fiscal assinada.

Analise geral das situações mais comuns e gestão de indicadores: Muito provável que cada segmento ou loja virtual lide com tipos diferentes de , com o tempo, faça o levantamento dos casos mais comuns, crie um indicador por tipo de ocorrência (agente causador) e faça um planejamento para minimizar as logísticas reversas.

Aposto que essas 5 dicas de logística reversa segura para e-commerce vão ajudar muito no dia a dia, então, atente-se bem a elas e coloque-as em prática!

Mas caso quiser saber mais sobre embalagens para produtos, clique aqui.

No entanto, se precisa saber como melhorar a imagem de sua loja virtual com fotos, clique aqui.

Falar com consultor
Olá, como podemos ajudar?

Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite